Astronauta da ISS fotografa lago no noroeste do Pará

Ecoturismo & Sustentabilidade


Reflexo da luz solar permitiu imagem bem definida. Lago Erepecu se estende pela floresta próximo ao Rio Trombetas.

A agência espacial americana Nasa divulgou foto do Rio Trombetas e do Lago Erepecu, no noroeste do Pará. A imagem foi feita por um astronauta a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) no dia 25 de agosto.

O astronauta aproveitou um momento em que o limite entre a água e a floresta está bem visível, graças ao reflexo do sol na superfície líquida. Por serem escuros, os rios da região amazônica comumente se confundem com a vegetação em fotos tiradas do espaço, dificultando a visualização.

Na imagem, o Rio Trombetas corre na parte inferior da foto e o lago se estende pela parte superior, ramificando-se pela floresta.

O lago Erepecu, segundo informa a agência, tem 38 quilômetros de comprimento e foi formado quando o nível do mar era mais baixo, devido às eras glaciais, ao longo dos últimos 1,7 milhão de anos. Com a subida do nível do mar, devido ao derretimento do gelo das épocas glaciais, o leito profundo do Erepecu ficou comparativamente muito baixo, impedindo que a água continuasse a correr para o oceano.

No canto direito inferior da imagem, é possível ver parte da cidade de Porto Trombetas.

Globo Amazônia
0 Responses